PMMA para Bioplastia e Preenchimento

PMMA é uma substância preenchedora sintética definitiva produzida a partir de microesferas de polimetilmetacrilato. Utilizado na área da saúde desde os anos 30, o composto é biologicamente compatível com o corpo. Quando realizado por médico, em ambiente devidamente higienizado, com alvará da vigilância sanitária, certificação ISO 9001:2008 e produtos com liberação da ANVISA, as chances de complicações deste procedimento são mínimas.

A fórmula do PMMA para fins estéticos e reparadores foi desenvolvida para minimizar possíveis complicações. O implante é composto por um gel de carboxi-metilcelulose onde estão concentrados quantidades de 2%, 10% ou 30% de microesferas sólidas de PMMA. A característica maleável da substância possibilita uma aplicação sem cortes e facilita moldar o implante, permitindo uma aparência mais natural.

Cada microesfera de PMMA tem entre 40 e 50 micras (1 mm = 1000 micras) de diâmetro, o que dificulta a absorção por macrófagos. Apoiadas no gel, as partículas sólidas mantêm-se inertes e em uma distância ideal para que o PMMA seja envolvido de forma homogênea pelo novo tecido conjuntivo rico em colágeno, constituído à medida que o gel é absorvido.

O desenvolvimento da quantidade proporcionada pela presença do polimetilmetacrilato serve de estímulo para formação de um novo tecido que crescerá ao seu redor. Essa reação caracteriza os efeitos permanentes da bioplastia realizada com PMMA.

Related posts