Tratamento para Estrias

O tratamento para estrias com laser CO2 fracionado estimula a renovação celular com formação de colágeno induzida pelo calor e pela radiofrequência. O procedimento tem curto período de recuperação devido ao fracionamento do laser, sendo realizado por médico segundo normas ISO 9001:2008 e com aparelho liberado pela ANVISA.

A avaliação presencial é obrigatória para realização do procedimento, é durante a consulta que o médico irá avaliar o aspecto das formações e o histórico do paciente para definir se o tratamento para estrias com laser

 CO2 fracionado é indicado.

O são estrias?

Estrias são cicatrizes geradas a partir do rompimento das fibras elásticas causado por gravidez ou pelo aumento repentino de peso. A lacuna aberta entre as fibras é preenchida pelo tecido de granulação, que irá ajudar no processo de recomposição da pele e posteriormente dará espaço à cicatriz.

O laser CO2 fracionado pode reduzir essas marcas estimulando a formação de um novo tecido que ocupará o lugar da cicatriz. Estrias vermelhas são mais recentes e podem ser removidas mais facilmente do que as brancas, que necessitarão de um número maior de sessões, conforme avaliação médica.

Como funciona o tratamento a laser para estrias?

A tecnologia fracionada do aparelho de laser CO2 vaporiza o tecido alternadamente, deixando algumas porções da pele intactas, são estas células que irão ajudar na recomposição das demais, colaborando para construção do novo tecido que irá substituir a cicatriz.

O controle de ação do laser permite agir apenas sobre a cicatriz com danos reduzidos à região circundante. Equipado com radiofrequência, o mesmo aparelho emite ondas eletromagnéticas capazes de estimular a produção de colágeno, proteína fundamental para sustentação da pele que também ajuda a reduzir o tempo de recuperação do procedimento.

De que forma é realizado o tratamento para redução de estrias com laser CO2 fracionado?

O tratamento para estrias com laser CO2 fracionado é realizado com anestesia tópica aplicada em intervalos de 30 minutos na hora que antecede o procedimento. As altas temperaturas podem provocar ainda algum desconforto, que é rapidamente aliviado pelas propriedades anestésicas do ar frio emitido por um compressor simultaneamente à ação do laser.

O que devo fazer após o tratamento a laser para estrias?

A rotina pode ser mantida após a realização do tratamento, podendo ser observado vermelhidão, inchaço e descascamento nos primeiros dias. O tom rosado da pele indica uma sensibilidade e a necessidade de usar bloqueador solar com fator maior do que 30, para evitar a formação de manchas na pele. Analgésicos comuns podem ser utilizados em caso de dor. O paciente deve retornar ao consultório para revisão dentro de 7 dias.

Related posts